• idealineweb

Guia completo para segurança no setor educacional

Gradativamente, percebemos o retorno - mesmo que de maneira híbrida - das atividades escolares. E o que vem acontecendo com esta volta é que, cada vez mais as instituições de ensino têm se preocupado com a segurança dos alunos e funcionários. Não somente pela necessidade de controle e prevenção da covid-19, mas também porque a pauta de segurança no setor educacional está se tornando fundamental nos últimos anos.⠀

Hoje a função de um educador, que trabalha com a administração de escolas, excede a administrativa de processos e projetos educacionais, e inclui a segurança em sala de aula neste escopo. Mas como atestar a segurança em sala de aula em um mundo tão digital quanto o nosso? Como regular o acesso a conteúdo indevido nas dependências escolares? De que forma monitorar o fluxo de alunos, notando anomalias na movimentação e ausências?

Pelo lado positivo, a tecnologia vem se tornando uma grande aliada no setor educacional no que diz respeito à segurança. A tecnologia digital, por exemplo, proporciona um monitoramento completo via sistemas de gestão escolar, protegendo os alunos dos perigos online e off-line, garantindo um espaço saudável para o aprendizado.

Para atender às novas demandas do mercado, empresas como a IDEALINE tem se preocupado em desenvolver e aperfeiçoar seus produtos tendo como um dos focos a segurança no setor educacional. Confira algumas das soluções, possibilitadas pelo uso de tecnologias, que podem ser fundamentais para este setor:


Leia também: Câmeras Termográficas no Combate ao Coronavírus: entenda suas vantagens e aplicações

Controle sobre acessos


Escolas preparadas para o século 21 (e às novas gerações de alunos) oferecem aulas ministradas com o uso de tecnologia voltada à educação, como computadores, smartphones ou tablets, entre outros. Logo, este é o modo pelo qual os alunos atualmente estão mais acostumados a consumir e reter informações.

Porém, se isto não for feito de uma maneira cuidadosa, este passo pode se tornar uma fragilidade: afinal, como controlar os acessos dos alunos dentro das dependências escolares?

É preciso impedir que os estudantes tenham acesso a materiais indevidos a sua faixa etária, ou mesmo que interajam com agentes maliciosos em busca de dados impróprios ou mesmo conteúdo privativo.

Com a ajuda de um software simples, de operação básica, os administradores escolares têm uma visão completa dos acessos realizados por alunos, podendo vetar qualquer visita a endereços suspeitos, chats, jogos e conteúdos adultos.

Além disso, com o auxílio de um sistema de gestão escolar, os administradores escolares podem bloquear o navegador (browser) em tempo real, impedindo o aluno de prosseguir em um site que não será benéfico para a sua evolução. Uma maneira simples de consolidar a segurança digital dos alunos.

Monitore fluxos e processos dentro da escola

Também existem perigos e desafios à segurança no setor educacional fora do ambiente virtual. Por isso, o acompanhamento da movimentação dos alunos e realizar diagnósticos de ausências é fundamental.

Um sistema eficiente de gestão escolar, oferece um mecanismo eficaz para a direção escolar monitorar as movimentações dentro do colégio. Com a ajuda de softwares capacitados, você pode obter relatórios completos sobre a taxa de frequência dos alunos e evitar práticas prejudiciais a eles e ao ambiente escolar.

Abaixo, listamos alguns equipamentos que podem auxiliar e ser um diferencial na segurança do setor educacional.


1 - Controle de Acesso com Reconhecimento Facial: Pode ser associado a catracas, cancelas, portas e elevadores, além das câmeras termográficas. Gera os registros de ponto do estudante e relatórios para a direção da escola.


Leia também: Veja como cuidar da saúde mental no trabalho e entenda sua

importância

2 - Ponto Eletrônico Online: Automatiza boa parte do monitoramento, reduz a possibilidade de marcações falsas além de minimizar a porcentagem de erros humanos na hora de gerir as informações. Possui recurso de geolocalização evitando que se marque o ponto fora do perímetro cadastrado (residência ou empresa).

3 - Chamada Online: Substitui a chamada tradicional, sendo muito mais eficiente e rápida. Acaba com o grande período de aula perdido, dedicado para fazer esta ação, além de que com o auxílio da tecnologia a informação pode chegar muito mais rápido para os pais e responsáveis, se o filho por acaso não apareceu no colégio ou se ele saiu no meio do turno.

4 - Sistema Integrado de monitoramento com dashboards completos, relatórios e business inteligence (BI): oferece o apoio para as decisões de forma inteligente, por meio de um processo de captação de dados. As informações são adquiridas de qualquer sistema e gravadas em um banco de dados modelado para a sua escola.

Todos estes equipamentos hoje o mercado já disponibiliza e são de fácil acesso. Quem gere uma escola deve estar sempre atento às novidades e as alterações a cerca de mudanças na segurança do setor educacional.

E para você, quais são as principais medidas que devem ser tomadas para a segurança do setor educacional? Deixe aqui nos comentários, nós gostaríamos de saber a sua opinião. Para mais conteúdos relacionados à tecnologia e segurança, acesse o nosso blog.

Se você gostou do nosso artigo sobre segurança no setor educacional, não deixe de compartilhar com seus contatos nas redes sociais. Até mais!

9 visualizações0 comentário