• idealineweb

Tecnologia, Segurança e Empresas Governamentais




As Empresas Estatais possuem enorme responsabilidade quando tratamos sobre o tema da Segurança Física e Patrimonial. Possuem em seus ambientes, ativos de grande importância, além da preocupação constante em manter a integridade física de todas as pessoas que ali se encontram, especialmente àquelas que possuem altas patentes junto ao Governo.


E é nessa esfera que as Tecnologias para Segurança Física e Patrimonial apresentam uma série de alternativas, a depender do nível de controle desejado.


É correto afirmar que o melhor sistema a ser instalado é aquele que alia as políticas de segurança existentes na Empresa com equipamentos adequados ao nível de exigência e controle esperados; que possui ainda, inteligência de ponta e facilidade de uso, a fim de permitir que a administração obtenha um controle de acesso seguro e eficaz.


Isso determina o nível de investimento a ser realizado, o compromisso e a seriedade com que o assunto é tratado junto aos Órgãos Governamentais.


As soluções contribuem tanto para a Segurança em geral do ambiente quanto para otimizar a rotina e os controles que a Empresa possui.


Como a Tecnologia pode garantir a Segurança Física e Patrimonial?


Sistemas de Controle de Acesso

Compostos por Hardwares e Softwares, esses sistemas gerenciam o fluxo de entrada de pessoas nas áreas internas da Empresa, em portarias e recepções, salas e escritórios, assim como a entrada e saída de veículos em garagens e estacionamentos.


Quais Sistemas e Tecnologias podem ser usados em Empresas Públicas?


Existem diversas soluções no mercado e as mais recomendadas atualmente são:


Reconhecimento Biométrico





Equipamentos com essa tecnologia quase sempre possuem um design harmonioso, futurístico e ergonômico e se integram facilmente em diferentes ambientes. Utilizando a biometria, tecnologia que identifica o indivíduo por meio de uma característica única, podem possuir leitores com reconhecimento facial ou por meio da impressão digital, geometria das mãos, etc. Isso garante a precisão necessária para acessos seguros no interior dessas Empresas. É ideal para ambientes com baixo fluxo de acessos e com um nível de segurança mais elevado, uma vez que a autenticação (identificação e reconhecimento) pode variar conforme o comportamento do usuário (posicionamento inadequado da digital, por exemplo).


Vídeos Analíticos





O Sistema de CFTV Digital atualmente é a tecnologia mais avançada para o monitoramento de imagens. O maior diferencial desse sistema é o recurso conhecido como Análise de Comportamento, que utiliza inteligência artificial em CFTVs para processar informação visual a um nível similar ao do cérebro humano. Esse sistema melhora consideravelmente a visibilidade e a gestão da segurança em Organizações que procuram reconhecimento de ameaças em tempo real. Está disponível em softwares para gerenciamento de imagens, também conhecidos como VMS (video surveillance management), que são compatíveis com uma ampla variedade de câmeras digitais.


O grande benefício prático com a utilização desses recursos é que o sistema deixa de ser uma aplicação passiva, onde as imagens são apenas armazenadas para buscas futuras e onde o operador é o responsável por monitorar as inúmeras telas sem que estas lhe dêem qualquer aviso ou sinal de alarme. Assim, por meio da análise de imagens realizada pelo sistema em tempo real e contínuo, é possível que todo o sistema seja, de fato, uma ferramenta ativa na central de monitoramento.


Abaixo, destacamos alguns recursos bem interessantes e comuns em softwares VMS:

  • Contagem de pessoas em ambientes;

  • Identificação da direção dos veículos numa via e velocidade;

  • Detecção de uma invasão;

  • Identificação de tumultos e aglomerações de pessoas;

  • Identificação de furtos de objetos;

  • Detecção de objetos abandonados em locais de risco.

Outro recurso é que a comunicação na rede é totalmente digital, o que garante que as imagens armazenadas não percam a qualidade. Além disso, existe a possibilidade de uso de rede de dados já existente, já que as câmeras utilizam um endereço IP para serem localizadas na rede, resultando, assim, na redução da necessidade de uma nova infraestrutura para a implantação.

Importante lembrar que o sucesso dessa implantação começa com um bom projeto adequado às necessidades da Empresa.


Smart Cards





Os Smart Cards são cartões inteligentes que possuem um diferencial de segurança e identificação no controle de acesso. São capazes de armazenar um volume maior de dados em comparação aos cartões comuns (RFID 128 Kbps, por exemplo), e utilizam criptografia na gravação e leitura, garantindo assim, maior proteção das informações inseridas, dificultando violações. Como mencionado, o número de informações armazenadas no cartão não são limitadas ao nome, CPF e função, como em cartões/crachás comuns.

Além disso, esses cartões podem ser utilizados em diversas soluções, tais como: crachás para identificação funcional e para uso em controles de acesso, identificação de visitantes com uso de cartão provisório, cartão de ponto eletrônico, de estacionamento, cartão de fidelidade, entre outros.


Esses são alguns exemplos de como a tecnologia contribui para a evolução das Empresas Governamentais de forma transparente e segura.


A IDEALINE tem uma equipe especializada para entender as necessidades de cada Empresa e possui inúmeros cases de sucesso já instalados.


Quer obter ajuda para desenvolver um projeto de segurança para a sua Empresa?

Fale com a gente, será um prazer ajudar!

4 visualizações

Taguatinga - Brasília\DF 

CNF 01 Lote 01 Loja 01

CEP: 72.125-515

IDEALINE - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS